Institucional

Hospital Universitário

Pedro Ernesto

HUPE - UERJ

Hospital Universitário Pedro Ernesto

Era 1950 quando se inaugurou no bairro de Vila Isabel, em plena boulevard 28 de setembro, o Hospital Pedro Ernesto, integrado a rede hospitalar da Secretaria de Saúde do então Distrito Federal. O nome da unidade foi uma homenagem ao médico e político Pedro Ernesto, ex-prefeito da capital na década de 30. Doze anos depois a unidade ganhou status de hospital-escola da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado da Guanabara (UEG), atual Uerj. Em 1965 foi finalmente incorporada à UEG como Hospital das Clínicas. Naquele momento, suas atividades privilegiavam exclusivamente as questões acadêmicas de ensino e pesquisa, com o acompanhamento e estudo de raridades clínicas.
Em 1975, com a união dos estados da Guanabara e do Rio de Janeiro, a UEG passa a chamar-se Universidade do Estado do Rio de Janeiro e a unidade de saúde ganha o nome atual: HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PEDRO ERNESTO (HUPE).

Na época, torna-se um hospital de atendimento geral em decorrência do convênio firmado com o Ministério da Educação e Previdência Social (Convênio MEC-MPAS), adequando-se às necessidades da população mais carente.

Devido à qualidade dos profissionais e aos meios sofisticados de diagnóstico e tratamento que são oferecidos, o Hupe foi se transformando em um dos maiores complexos docentes-assistenciais na área da saúde. Até que chega aos dias atuais como referência numa série de especialidades e importante núcleo nacional de formação de profissionais na área médica.

PIONEIRISMO

Ensino e Pesquisa são atividades inerentes à missão de um Hospital Universitário que tem em sua rotina constantes descobertas e inovações, contribuindo diretamente para a melhoria da assistência à saúde da população. O Pedro Ernesto como um centro de excelência na área de saúde, dispõe de um corpo clínico formado por profissionais com reconhecimento nacional e internacional. O que possibilita programas e projetos pioneiros em diversas áreas. Uma característica evidenciada ao longo da história.

— 1975

Inauguração da Enfermaria de Adolescentes Prof. Aloysio Amâncio, primeira do gênero no Brasil a oferecer atendimento especializado ao adolescente, de forma integral e multidisciplinar. Hoje o Núcleo de Estudo da Saúde do Adolescente (NESA) é centro de referência nacional para o atendimento de adolescente entre 12 e 20 anos. A enfermaria atende em especial, cardiopatas e nefropatas crônicos, já que o Hospital dispõe dos serviços de Cirurgia Cardíaca e Transplante Renal. Além disso, é centro cooperante do projeto Mundial sobre residência, sob a coordenação da Organização Mundial da Saúde.

— Anos 80

Nos anos 80, o Hupe inova implantando a primeira Clínica da Dor, onde profissionais de diversas áreas do conhecimento desenvolvem e aplicam, desde então, técnicas de combate e eliminação de dores crônicas das mais diversas origens. A clínica possui programas de treinamento em Anestesiologia para tratamento da dor Crônica.

Na década de 80 também é inaugurada a Clínica de Hipertensão do Laboratório de Fisiopatologia Clínica e Experimental (Clinex) que atende hipertensos, obesos, diabéticos e dislipidêmicos, com enfoque interdisciplinar. À Clinex cabe o diagnóstico precoce dessas doenças e suas consequências cardiovasculares.

—–1998

O Hupe foi o primeiro hospital geral e universitário do Estado a obter o título de “Hospital Amigo da Criança“. O título foi conferido pela UNICEF e pela OMS devido ao fato da unidade estimular o aleitamento materno. Um dos fatores que contribuíram para esta conquista foi o sistema pioneiro dee alojamento conjunto que mantém mãe e bebê juntos desde o nascimento, incentivando assim à amamentação.

—-2002

O Centro Universitário de Combate ao Câncer (CUCC) foi inaugurado em 09 de setembro de 2002 após esforços de três entidades: o Hupe/Uerj, Ministério da Saúde e Petrobras. Enquanto o Hospital e a
Universidade se dedicaram ao corpo funcional, o Ministério forneceu todo equipamento de Radioterapia e
a Petrobras patrocinou uma parte significativa da obra do prédio que o centro ocupa. O CUCC abriga a
Unidade Docente Assistencial (UDA) de Radioterapia, o Ambulatório de Cuidados Paliativos, e o Serviço de
Radiologia e Diagnóstico por Imagem.

—-2006

Foi inaugurado em 2006 o Núcleo Perinatal do Hupe. Um prédio anexo ao Hospital foi construído exclusivamente como maternidade de referência em gravidez de alto risco no Estado do Rio de Janeiro com leitos de UTI Neonatal cadastrados pelo SUS. Baseado no histórico precursor de serviço de obstetrícia
do Hospital, o núcleo une atendimento à gestantes e bebês e produção de conhecimento na área de saúde perinatal.

—-2020

Diante da pandemia de Covid-19 que assolou o mundo, o Hupe foi o maior hospital público universitário do estado do Rio de Janeiro a disponibilizar mais de 150 leitos de enfermaria e CTI exclusivamente para atendimento a pacientes SUS acometidos pela doença. O Hupe também foi a única unidade pública fluminense a criar uma enfermaria Pós-covid para reabilitação.

Funcionamento

Segunda-Sexta 8.00 – 18.00

Sábado9.00 – 17.00

Dominho9.00 – 15.00

Telefonia HUPE

2868-8000

Entre em contato

Acesse





Encompassing All Accessible Exclusive Medical Treatment

We offer extensive medical procedures to outbound and inbound patients.